260. Orçamento do Tratado sb Comércio de Armas – 10 maiores devedores (em US$ mil):
🇧🇷 47,07
🇬🇧 29,53
🇰🇷 23,04
🇩🇴 12,45
🇵🇾 11,45
🇸🇳 11,23
🇹🇩 11,19
🇲🇩 11,18
🇲🇱 11,17
🇳🇪 11,13
(Fonte: @ATTSecretariat, maio/2018)
261. O total das dívidas chega a US$ 494 mil. Principal devedor, a dívida do Brasil representa 9,52% desse montante
262. O Brasil é um dos países que ainda não efetuaram contribuições ao orçamento do Tratado sobre Comércio de Armas. As dívidas acumuladas (em US$):
12.840,90 | 2015/2016
16.492,85 | 2017
17.739,20 | 2018
263. Segundo as Regras Financeiras (ATT/CSP1/CONF/2) do Tratado sobre Comércio de Armas (item 8.1.d), um Estado Parte em dívida por dois ou mais anos tem SUSPENSO seu direito a voto. Taí um pepino para o 🇧🇷 resolver tão logo se torne Estado Parte
264. Dez principais destinos das exportações de armas e munições do 🇧🇷 em Maio/2018 (em US$):
🇺🇸 13.020.880
🇦🇪 3.756.790
🇩🇪 1.168.369
🇫🇷 588.040
🇮🇱 264.000
🇨🇱 176.510
🇦🇷 165.548
🇬🇧 154.137
🇮🇹 120.110
🇬🇹 32.335
(Fonte: @MdicGov)
265. Dez principais destinos das exportações de armas e munições do 🇧🇷 em 2018 (jan-mai, em US$):
🇸🇦 89.691.997
🇺🇸 60.192.260
🇴🇲 6.836.000
🇵🇭 5.848.624
🇩🇪 5.606.294
🇦🇪 3.756.790
🇧🇪 3.175.989
🇲🇦 2.690.457
🇮🇪 1.887.593
🇬🇪 1.885.698
(Fonte: @MdicGov)
266. Entre janeiro e maio de 2018, as exportações de armas e munições pelo 🇧🇷 chegam a US$ 190.212.029 (-11,37% na comparação com o mesmo período de 2017), tendo como destino 44 diferentes países
267. Verde cor de sangue: 4 fatos sobre a Arábia Saudita mais importantes que a escalação da seleção que enfrenta a Rússia na abertura da #Copa2018
#KSA medium.com/@jnascim/ar%C3…
268. Ainda sobre os ataques da coalizão liderada pela Arábia Saudita à cidade portuária de Hodeida, no Iêmen, quase 200 mil crianças serão impactadas 👇 #YemenCantWait #SaveHodeidah
269. IMPORTANTE: @MichelTemer acaba de assinar o Tratado sobre Comércio de Armas, último passo antes da conclusão do processo de ratificação do acordo #SprintTo100
270. Após cinco anos de espera, Brasil conclui análise do Tratado sobre Comércio de Armas, via @conectas #SprintTo100 conectas.org/noticias/apos-…
271. #BRA to join the #ArmsTreaty: The large weapons exporter must review its policies, by @rimuresa controlarms.org/blog/brazil-to… via @controlarms #SprintTo100
272. Escrevi um pequeno artigo no @Poder360 sobre as perspectivas de maior transparência e responsabilidade após ratificação do Tratado sobre Comércio de Armas pelo Brasil #SprintTo100
273. Já ouviu falar na Copa do Mundo do Desarmamento? A iniciativa da @FundiPau visa mensurar o compromisso dos Estados com os regimes internacionais sobre o tema. #CRC e #MEX venceram a edição 2018. O #BRA aparece em 8°, porém com 25 países à frente fundipau.org/costa-rica-i-m…
274. Nesta quinta (12/Julho), às 11h, conversarei com @napollachi (@isoudapaz) e @davidmagalhaes (@puc_sp) sobre as perspectivas pós-ratificação do Tratado sb Comércio de Armas pelo #BRA #SprintTo100 #ParaOndeVãoAsArmas
275. Uma satisfação conversar, ao lado do @davidmagalhaes (@puc_sp e @naFAAP), com @filipeamendonca e @gnz20 no @chutandoaescada sobre comércio internacional de armas e o papel do Brasil
276. AO VIVO: Comércio internacional de armas e o papel do Brasil, com @napollachi (@isoudapaz) e @davidmagalhaes (@puc_sp e @naFAAP) facebook.com/conectas/video… via @conectas
277. Documentos revelam que #Brasil negociou venda de armas a países em guerra ou assolados pelo terrorismo, por @Rlopesreporter via @GauchaZH gauchazh.clicrbs.com.br/mundo/noticia/…
278. "A sociedade não sabe quem controla a venda de armas brasileiras para o Exterior", afirma @davidmagalhaes, por @Rlopesreporter via @GauchaZH gauchazh.clicrbs.com.br/mundo/noticia/…
279. 20 maiores empresas de armas (por vendas, US$ bi, 2016):
🇺🇸 @lockheedmartin 40
🇺🇸 @BoeingDefense 29
🇺🇸 @Raytheon 22,9
🇬🇧 @BAESystemsInc 22,7
🇺🇸 @northropgrumman 21
🇺🇸 @gdms 19
🇪🇺 @AirbusDefence 12
🇺🇸 @BAESystemsInc 9
🇺🇸 L-3 8,8
🇮🇹 @Leonardo_Live 8,5
280. Top 10: Exportações de armas e munições pelo 🇧🇷 em julho/2018 (US$):
🇺🇸 5.179.105
🇦🇪 1.573.192
🇶🇦 1.130.082
🇱🇻 1.028.261
🇨🇿 764.740
🇴🇲 341.117
🇩🇪 331.606
🇨🇦 168.872
🇹🇭 98.245
🇵🇪 21.525
Total: 10.657.762
281. Dez principais compradores de armas do 🇧🇷 em 2018 (jan/jul, em US$):
🇸🇦 89.691.997
🇺🇸 81.948.587
🇵🇭 9.075.096
🇩🇪 7.414.623
🇴🇲 7.177.117
🇦🇪 5.329.982
🇧🇪 4.405.609
🇲🇦 2.690.457
🇨🇱 1.943.311
🇬🇪 1.888.094
Total: 226.394.539
282. Top 10: Exportações de armas do 🇧🇷 (país–empresa, US$):
🇸🇦 Avibrás: 80.339.194
🇺🇸 Taurus: 61.818.632
🇺🇸 CBC: 17.364.302
🇸🇦 AEQ: 9.352.803
🇵🇭 CBC: 8.107.196
🇩🇪 CBC: 6.842.133
🇴🇲 Taurus: 6.836.000
🇦🇪 CBC: 5.329.982
🇧🇪 CBC: 4.405.609
🇲🇦 CBC: 2.286.549
283. Imagens veiculadas por canais do Golfo mostram bateria de Artilharia de Foguetes ASTROS II, fabricados pela brasileira Avibrás, sendo utilizados na fronteira entre Arábia Saudita e Iêmen (via @LostWeapons)
284. Vídeo postado por @SamSstarr1 mostra foguetes lançados pela bateria ASTROS II sobrevoando campo de futebol na fronteira 🇸🇦-🇾🇪. A fabricante – Avibrás, sediada em Jacareí-SP – vendeu US$ 265,127 milhões em armas e munições à 🇸🇦 entre janeiro/2017 e julho/2018
285. Vale reiterar: o principal comprador de armas e munições fabricadas no Brasil hoje - a Arábia Saudita - não tem tido escrúpulos ao violar o Direito Internacional Humanitário, em ataques com alto número de mortos e feridos civis, inclusive crianças 🤨
286. Ten Reasons to Tackle Diversion at the #CSP2018 of the Arms Trade Treaty controlarms.org/blog/10-reason… via @controlarms
287. IMPORTANTE: O Brasil RATIFICOU o Tratado sobre Comércio de Armas (TCA). O país torna-se o 97º Estado Parte do acordo, o primeiro a regular as transferências internacionais de armas convencionais treaties.un.org/doc/Publicatio…
288. Por força do disposto no Art. 22.2, o Tratado sobre Comércio de Armas entrará em vigor no Brasil 🇧🇷 em 12 de novembro de 2018. Espera-se que, até lá, seja promulgado decreto pelo @planalto dando executoriedade nacional ao acordo
289. Nota do @ItamaratyGovBr sobre a ratificação do Tratado sobre Comércio de Armas pelo Brasil itamaraty.gov.br/pt-BR/notas-a-… #ArmsTreaty #SprintTo100 #CSP218
290. "[O] 🇧🇷 reafirma seu compromisso c/ o combate ao tráfico ilícito de armas e c/ o tratamento equilibrado do comércio desses artefatos, q pese, de um lado, a legitimidade de suas exportações e, de outro, seus possíveis efeitos humanitários adversos em certas circunstâncias"
291. Nothing ventured, nothing gained—a look ahead at #CSP4, by @a_pytlak from @RCW_ mailchi.mp/reachingcritic… #CSP2018
292. Começou hoje (20) e vai até sexta (24) a 4ª Conferência dos Estados Partes do Tratado sobre Comércio de Armas (#CSP4), que, este ano, ocorre em Tóquio 🇯🇵 thearmstradetreaty.org/index.php/en/3… #ArmsTreaty #CSP2018
293. As Conferências dos Estados Partes têm destacada função no acompanhamento da aplicação e implementação do Tratado sobre Comércio de Armas, conforme disposto no Art. 17 do acordo 👇 
294. A agenda de trabalho da #CSP4 pode ser encontrada em thearmstradetreaty.org/images/CSP4/CS… #CSP2018 #ArmsTreaty
295. Vale lembrar: o Brasil, embora tenha ratificado o Tratado sobre Comércio de Armas no último dia 14 de agosto, ainda não é Parte, dado que o acordo só passa a vigorar 90 dias após a ratificação (no caso, em 12 de novembro de 2018). Assim, ainda participa como signatário
296. De toda forma, a delegação do Brasil se faz presente na #CSP4, sendo composta por 6 integrantes (5 do @ItamaratyGovBr e 1 da @DefesaGovBr), chefiada pelo Embaixador André Aranha Côrrea Do Lago (@brasembtokyo)
297. Ainda sobre a delegação brasileira na #CSP4, é digna de nota a presença do Ministro Marcelo Câmara, chefe da Divisão de Desarmamento e Tecnologias Sensíveis (DDS) do @ItamaratyGovBr, setor responsável por acompanhar o TCA no MRE
298. Desde a CSP1 (ocorrida em 2015, em Cancun 🇲🇽), é a primeira vez que há um chefe de Departamento/Divisão do @ItamaratyGovBr acompanhando in loco uma conferência do TCA, indicando aumento da prioridade do tema
299. A Coalizão pela Exportação Responsável de Armas, iniciativa que congrega orgs brasileiras (@conectas @isoudapaz @anistiabrasil @igarape_org @dhesarmebr) q acompanham a implementação do TCA pelo 🇧🇷, é representada na #CSP4 por @ivancontente, Diretor Executivo do @isoudapaz
301. Em tempo: a @controlarms acabou de lançar, em evento paralelo à #CSP4, a edição 2018 do #ArmsTreaty Monitor, relatório indispensável contendo análise independente e informações sobre a implementação do TCA. Não deixem de ler 👇
302. Perdidas – Vocês Teriam Visto Estas Armas? controlarms.org/blog/27911/ via @controlarms #StopDiversion #CSP2018 #ArmsTreaty #Missing
303. Conversei com a @sputnik_brasil sobre a recente ratificação do Tratado sobre Comércio de Armas pelo Brasil e as perspectivas que se abrem com o gesto #CSP2018 #ArmsTreaty br.sputniknews.com/opiniao/201808…
304. Rússia planeja abrir fábrica de fuzis Kalashnikov na #Venezuela em 2019, via @ReutersBrasil @Cecillia @michel_srn br.reuters.com/article/worldN…
305. Saiu a edição 2018 do Small Arms Trade Transparency Barometer, elaborado por @holtomp e @IrenePavesi, da @SmallArmsSurvey smallarmssurvey.org/fileadmin/docs… #CSP2018
306. O documento avalia a transparência de 49 grandes exportadores de armas pequenas, tomando como base dados de 2015. Pela primeira vez, o engajamento desses países com a sistemática de relatórios do Tratado sb Comércio de Armas (TCA) é levado em conta no índice 👇 #ArmsTreaty
307. Por sistemática de relatórios do TCA me refiro aos relatórios inicial e anuais, previstos nos Arts. 13.1 e 13.3 do acordo. Abaixo, o peso das informações dos relatórios na definição do índice do Barômetro (mais detalhes na p. 4 do relatório) smallarmssurvey.org/fileadmin/docs…
308. O engajamento dos países analisados nos mecanismos de transparência previstos no Programa de Ação da ONU para prevenir, combater e erradicar o tráfico ilícito de armas leves e de pequeno porte (UNPoA) também passa a ser levado em conta no índice nesta edição do relatório
309. Informações sobre a submissão de relatórios no âmbito do TCA e PoA (2014-2016) dos 49 países analisados encontram-se na p. 5 do relatório smallarmssurvey.org/fileadmin/docs…
310. Os principais achados do Barômetro 2018 da @SmallArmsSurvey:
– Mais transparentes (o.d.): 🇨🇭🇳🇱🇬🇧🇮🇹🇷🇸 [2015]
– Menos transparentes (o.d.): 🇮🇷🇰🇵🇦🇪🇸🇦🇮🇱 [2015]
– A média foi de 12,35 (de 25) pts. Metade dos países ficou abaixo da média
311. Mais uma vez, o Brasil 🇧🇷 figura na desonrosa relação dos países com exportações de armas pequenas menos transparentes do mundo, aparecendo na 42ª posição (de 49), quase na "zona de rebaixamento"
312. Namíbia 🇳🇦 ratifica a Convenção sobre Munições Clusters, tornando-se o 104º Estado Parte do acordo, que conta, ainda, com 4 signatários treaties.un.org/doc/Publicatio…

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Jeff Nascimento

Jeff Nascimento Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @jnascim

Oct 4, 2018
#Eleições2018: Sobre o (des)compromisso de Bolsonaro com os direitos dos/as trabalhadores/as, algumas informações relevantes reunidas por amigos/as engajados/as na pauta de direitos humanos. Sigam a thread 👇 #EleNão
1. Bolsonaro sugere mitigação do direito ao repouso semanal remunerado ao trabalhador rural, via @blogdojosias #EleNão josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2018/07/31/bol…
2. Bolsonaro sobre o trabalho análogo à escravidão: “Tem gente do Ministério Público, do Judiciário, que entende que o trabalho análogo à escravidão também é escravo. Tem que botar um ponto final nisso. Análogo é uma coisa e escravo é outra” #EleNão www1.folha.uol.com.br/poder/2018/05/…
Read 12 tweets
Nov 1, 2017
Vamos lá: cada curtida ou RT neste tweet = um fato sobre controle do comércio internacional de armas
1. Até 2013, o comércio internacional de bananas era mais regulado do que as transferências de armas convencionais
2. O Tratado sb Comércio de Armas é o primeiro acordo global a regular as transferências (= comércio + doações) de armas convencionais
Read 155 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Don't want to be a Premium member but still want to support us?

Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal

Or Donate anonymously using crypto!

Ethereum

0xfe58350B80634f60Fa6Dc149a72b4DFbc17D341E copy

Bitcoin

3ATGMxNzCUFzxpMCHL5sWSt4DVtS8UqXpi copy

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!

:(